quinta-feira, 30 de junho de 2016

Festa de encerramento de atividades no JI de Cova da Serpe

Os meninos e meninas do JI de Cova da Serpe estavam hoje, dia 30 de junho, particularmente felizes e contentes.  Este foi um dia muito especial, um dia de festa, a festa de encerramento das atividades do ano letivo e a despedida dos colegas finalistas, que já estão a deixar e  a levar muitas saudades.


Uma festa onde vão  mostrar, surpreender e orgulhar os pais e familiares  com todos os seus talentos e aprendizagens feitas  ao longo do ano e, ao mesmo tempo, envaidecer-se também com as surpresas preparadas pelos pais/encarregados de educação.
 A convite destes meninos  e meninas  e da educadora Lúcia, a BE-A e a professora Rosa Maia  receberam um convite para estarem presentes na sua festinha, o que muito as honrou.


  Como a festas, casamentos e batizados só vamos se formos convidados, como tínhamos convite lá fomos nós muito contentes porque tínhamos a certeza  que íamos   ser recebidas com muito carinho e simpatia por esta pequenada.
O convite, foi pretexto para uma conversa e para um pequeno balanço do que foi feito ao longo do ano letivo. Todos disseram que aprenderam muitas  coisas: a fazer trabalhos e sobretudo a partilhar, a cumprir as regras  e a ajudar os amigos.
E, como palavra, puxa palavra a acabaram  por concluir que já sabiam ler e contar história, pois, para contar histórias só precisam de estar atentos, "estar com juízo"  e ter imaginação e que as histórias podem ser lidas com letras  que  formam palavras e com palavras que se juntam em frases, mas também com imagens.  E foi o que aconteceu, num instante contaram uma história  com base em imagens  apresentadas pela BE-A;e
, apesar da excitação da festa que se aproximava,  "estiveram com juízo" e todos contaram a história a partir das imagens. A BE-A ficou muito orgulhosa !
 No final e como despedida, vieram os miminhos.  








Um lápis que  com uma pasta académica com muitas fitas coloridas. O lápis a simbolizar o conhecimento e as fitinhas os vários cursos académicos que estes  meninos poderão escolher, bastando-lhes para tal, querer, quer muito, nunca desistir do que se quer e estudar muito e para isso cá estamos nós, pais/ educadores e professores para ajudar a concretizar os sonhos.

 

quarta-feira, 15 de junho de 2016

História a Várias Mãos

 "História a Várias  Mãos" foi o produto final  de um trabalho de  articulação entre  a BE-A e as docentes  que lecionam as turmas do 4º ano  das  Escolas EB1 do Agrupamento de Escolas Figueira Norte. "História a Várias  mãos" foi escrita pelos alunos do 4º ano das respetivas escolas  e conta as aventuras das gémeas Elsa e  Alice, numa viagem  que começou  no Haiti e se estendeu e prolongou por outras partes do mundo.
Mas o melhor é acompanhar todo o trajeto .
 

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Trabalhos de alunos

O  Bernardo e o Rui estão de parabéns pelos trabalhos que executaram nas disciplinas de Educação Visual e  Oficina de Artes que integram o seu currículo (CEI)


Os trabalhos foram realizados com muito empenho, responsabilidade e criatividade, por isso mesmo, o produto final não podia ter sido melhor. O esforço e o querer ajudam a superar as dificuldades.


 Todos nós, professores, assistentes, operacionais,  BE-A e restante comunidade educativa que trabalhamos diretamente convosco  acreditamos que   vocês podem fazer  cada vez mais e  melhor.

 

Voa, voa papagaio!

 Uma exposição de papagaios de papel está patente no hall de entrada da Escola EB2/3 Pintor Mário Augusto.



 Tratou-se de mais uma atividade de  articulação realizada entre a BE-A e as Educadoras do Ensino Pré- escolar. Os trabalhos foram feitos pelos alunos  e contaram com  a colaboração dos pais/encarregados de educação. Os trabalhos  foram bastante diversificados, a criatividade/originalidade da execução voltou a marcar pontos. O produto final foi excelente, merecedor de rasgados elogios por todos os que  visitaram a exposição e apreciarem os papagaios.
Todos os que participaram na atividade estão de parabéns aos quais a BE-A agradece também o contributo para o sucesso da iniciativa.
Todos juntos podemos sempre  fazer mais e melhor pelo sucesso escolar dos nossos alunos.




BRINQUEDO»
Foi um sonho que eu tive:
Era uma grande estrela de papel,
Um cordel
E um menino de bibe

O menino tinha lançado a estrela
Com ar de quem semeia uma ilusão,
E a estrela ia subindo, azul e amarela,
Presa pelo cordel á sua mão

Mas tão alto subiu
Que deixou de ser estrela de papel.
E o menino, ao vê-la assim, sorriu
E cortou-lhe o cordel.


Miguel Torga



Deixem-no lá, deixem-no lá, o papagaio!
Deixem-no lá, bem preso à terra,
vibrando!

Aos arranques,
a fazer tremer a terra,
a querer voar
pelo ar
até pertinho do Céu…

Deixem-no lá, deixem-no lá, o papagaio!
Deixem-no lá viver a sua inquietação
e ser verdade aquela ânsia
de fugir.
Não lhe cortem o cordel!
Poupem o papagaio à dor enorme
de cair,
papel inútil, roto, pelo chão.

Não lhe ensinem,
ao pobre papagaio de papel,
que a sua inquietação
é a única força que ele tem.

Deixem-no lá,
naquela ânsia de fuga,
no sonho (a que uma navalha
pode dar o triste fim)
de fazer ninho no Céu:
Sempre anda longe da terra, assim,
o comprimento do cordel…

Deixem-no lá, deixem-no lá,
o papagaio de papel!...


Sebastião da Gama
Itinerário Paralelo

 


quinta-feira, 9 de junho de 2016

Escaldão? Não obrigado.

Sob orientação das docentes, Isabel Silva  e Sandra Correia, os alunos do 8º G, no âmbito da  disciplina de Educação para a Cidadania, desenvolveram vários trabalhos ligados  à temática e prevenção do cancro da pele. As atividades dinamizadas foram  diversificadas. integraram a visualização de  filmes  e audição de canções sobre o tema, pesquisa informativa sobre sobre o assunto em estudo, a seleção de imagens e a produção de cartazes ,a redação de sloganes sobre a prevenção da doença e a elaboração de folhetos  e marcadores  sobre sintomas da doença e formas de prevenção, que distribuíram junto da comunidade educativa.
O produto final foi apresentado e partilhado com  a comunidade educativa sob a forma de uma pequena exposição.




Este projeto foi integrado numa ação de formação frequentada pelas respetivas docentes.

Melhor leitor do 3º período

 As melhores leitoras da BE-A do 3º período  continuam a ser a Eliana do 5º A, com 20 requisições, com uma preferência especial pela poesia.

 e  a Luana do 5º B, com 10 requisições.



Parabéns   às leitoras. Quem lê mais , SABE MAIS.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Enquanto uns dão o seu melhor, outros divertem-se a aprender...

Enquanto os alunos do 2º ano  da Escola EB1 de Alhadas estavam a fazer  a prova de aferição de Matemática os colegas do 3º ano   estiveram com a BE-A e passaram uma manhã repleta de atividades lúdicas e pedagógicas, ligadas aos livros e às histórias.
Começámos com "O bingo das histórias"- cada número uma pergunta,  a competição foi renhida acabando como vencedores: a Mariana em 1º lugar, o Ricardo em 2º lugar  e o Tiago em 3º lugar.

 Depois vieram as histórias e a leitura,mas o destaque foi para "O lobo que queria mudar de cor"

  Os alunos analisaram a capa do livro e foram questionados sobre os motivos que levariam o lobo a querer mudar de cor. Ouvidas as várias opiniões,  foi sugerido que  se colocassem  na pele do lobo e escolhessem a cor  que mais lhe agradasse, apresentando os argumentos da sua opção
Os alunos  aceitaram a proposta, escolheram a cor do seu agrado e passou-se à encenação e  à apresentação dos respetivos argumentos. O Ricardo deu uma boa justificação para escolher duas tonalidades de verde, a camuflagem do lobo na  floresta e evitar  ser visto pelos caçadores e apanhar mais facilmente as suas presas. O José optou pelo branco, apenas com umas pintinhas pretas para não meter medo às pessoas e parecer mais "fofinho" .








Depois  de tantas escolhas e de tantas cores, qual teria sido a escolha do lobo preto que queria mudar de cor  porque não gostava da  que tinha? Uma vez mais se ouviram as opiniões  e como elas  divergiram o melhor foi mesmo ler a história e tirar as dúvidas.
Os alunos participaram em todas as atividades  com muito empenho  e concentração, foi uma satisfação para a BE-A passar esta manhã com estes alunos tão simpáticos e interessados, mas houve um  GRANDE PROBLEMA, a manhã passou muito depressa, o tempo voou  e  não houve oportunidade para outras  atividades. Ficou a promessa, vamos marcar outro encontro para concluir os trabalhos. Está COMBINADO. Palavra de BE-A